O rádio no Brasil.

A primeira transmissão oficial radiofônica do Brasil aconteceu em 1922, no Rio de Janeiro, com o presidente Epitácio Pessoa, em comemoração ao centenário da Independência do Brasil. No ano seguinte foi fundada por Roquette-Pinto a primeira emissora de rádio do país: a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro.

Em 1938 o Brasil acompanhou as transmissões dos jogos da Copa do Mundo, sediada na França, e se rendeu ao jornalismo radiofônico que noticiava os temores de guerra na Europa.

Na década de 1940 a audiência era crescente e os programas eram feitos para as massas. O programa que melhor sintetiza essa ascensão é o “Repórter Esso”, que estreou em 1941 e foi o primeiro noticiário que não se resumia a ler as notícias do jornal impresso.

Surgiram as primeiras emissoras em frequência modulada (FM), com qualidade de som melhor que as AM. No início operavam apenas com músicas instrumentais, ideais para salas de espera e ambientes internos.

Não tinham muita audiência do público jovem e isso se modificou apenas a partir de 1976, quando algumas emissoras começaram a dirigir sua programação para este segmento.

Hoje a segmentação da audiência direciona, via de regra, as emissoras de AM à informação e as de FM ao entretenimento. Hoje o sinal mais ouvido no Brasil é o FM e diversas rádios AM retransmitem seu sinal em FM.

As Webs Rádios

A principal diferença entre as web rádios e as rádios tradicionais é a forma de transmissão. As rádios AM/FM têm sua propagação através de ondas eletromagnéticas, enquanto as webs rádios se difundem por meio de streaming, uma tecnologia de transmissão de dados via internet.

As webs rádios funcionam de maneira totalmente online, utilizando um servidor que emite os programas.

Enquanto a forma de transmissão tradicional das rádios está limitada por questões geográficas, as chamadas webs rádios podem ser ouvidas em qualquer parte, desde que o usuário tenha um meio de acesso à internet.

A RADIO WEB PEROLA nasceu de uma necessidade de unir o útil ao agradável.

Com uma homenagem. “Eu NALDO RIBEIRO” À minha esposa “ALMERINDA SOCORRO” criamos uma radio teste chamada bolerão perola hoje www.radiopérola.net através disto queremos apresentar uma web radio moderna e Tocar musica de qualidade, o melhor entretenimento, modernizar a forma de fazer radio atingir um publico apaixonado pela cultura amazônica, não desprendendo da qualidade da musica moderna e da boa informação,

QUEM SOMOS

Web Rádio Perola.

O projeto Web Rádio Perola dedica-se a ser um espaço colaborativo que possibilita a troca de informações e experiências, por meio do intercâmbio de conteúdos, constituindo uma rede de discussão, de apresentação e proposição de ideias e do compartilhamento de soluções para que, a partir da mobilização social, sejam adotadas boas práticas relacionadas à temática cultural.

A proposta é viabilizar espaços interativos para promoção de debates, potencializando o compartilhamento de opiniões, ampliando as redes de relacionamento e abrindo espaço para discussão e coprodução de novos conteúdos, permitindo aos seus integrantes, criarem e editarem ideias e melhores práticas, coletivamente, gerando fontes de pesquisa, multiplicação em rede e referencial bibliográfico.

MISSÃO

Fomentar informação e conhecimento, por meio da mediação pedagógica e aprendizagem colaborativa, relacionando a cultura em diferentes cenários da vida, para a construção de cidadania e promoção da sustentabilidade cultural com entretenimentos.

VISÃO

Sermos reconhecidos no Brasil e na América Latina como portal internacional, referência em informação e intercâmbio de conhecimento relacionado a cultura amazônica , com reconhecimento e respeito ao meio ambiente.

PRINCÍPIOS E VALORES

O comportamento da WEB RÁDIO PEROLA reflete:

Valorizamos e respeitamos a diversidade política, religiosa e sociocultural, trabalhando o intercâmbio de conhecimento educativo por meio da comunicação, mediação pedagógica e aprendizagem colaborativa.

Vemos nas diferenças, oportunidades de integração e evolução do indivíduo, reunindo esforços para fomentar informação e conhecimento à sociedade civil.

Aproveitamos os recursos proporcionados pela tecnologia Web para promover a comunicação e a gestão do conhecimento, favorecendo a participação e a colaboração da sociedade.

ORIGEM DO NOME PEROLA

Santarém é um município brasileiro do estado do Pará, sendo o terceiro mais populoso do estado, atrás somente da capital, Belém e de Ananindeua, e o principal centro urbano, financeiro, comercial e cultural do oeste do estado. É sede da Região Metropolitana de Santarém, o segundo maior aglomerado urbano do Pará. Pertence à mesorregião do Baixo Amazonas e a microrregião de mesmo nome. Situa-se na confluência dos rios Tapajós e Amazonas. Localizada a cerca de 800 km das metrópoles da Amazônia (Manaus e Belém), ficou conhecida poeticamente como "Pérola do Tapajós".
Em 2012 sua população foi estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 299 419 habitantes, sendo então o terceiro mais populoso município paraense, o sétimo mais populoso da Região Norte e o 83º mais populoso município do Brasil. Ocupa uma área de 22 887,080 km², sendo que 77 km² estão em perímetro urbano.

Fundada em 22 de julho de 1661, é uma das cidades mais antigas da região da Amazônia. Em 1758 foi elevada a categoria de vila e quase um século depois em consequência de seu notável desenvolvimento foi elevada a categoria de cidade em 1948. Está incluída no plano das cidades históricas do Brasil, sendo uma das mais antigas e culturalmente significativas cidades do Pará.

Anunciantes